Bolsonaro pode não conseguir ser candidato, partido não vai lançá-lo! Ver Mais >>


O PSC não tem intenção de lançar Jair Bolsonaro como candidato à presidência em 2018.

O deputado federal Jair Messias Bolsonaro (#PSC-RJ) está cada vez mais empenhado para concorrer à Presidência da República em #2018. Já esteve fazendo campanha aberta, quase dois anos antes do prazo permitido por lei, o que é totalmente ilegal e pode o prejudicar no ano político.
Porém, mesmo assim ele anda fazendo viagens pelo país todo para divulgar sua pré-campanha, promovendo encontros, passeatas e outros eventos para reunir o seu público, que em sua maioria são jovens reacionários com tendências fascistas.

O seu partido, o PSC (Partido Social Cristão), na última eleição para presidência lançou o nome do pastor Everaldo, que ficou em 5º lugar.
Mesmo o partido sendo da base aliada do governo Temer e ter um discurso totalmente conservador, muitos membros têm resistência em lançar o nome de Jair Messias Bolsonaro como candidato à Presidência da República em 2018, por causa do seu discurso extremista, machista e muitas vezes considerado bem preconceituoso.

Então, o deputado resolveu romper com o presidente do PSC, pastor Everaldo Pereira, e declarar publicamente que iria procurar algum outro partido para lançar sua candidatura

Instabilidade partidária
Bolsonaro não tem tendência a ser fiel ao seu partido. Ele não participa por motivos de convicção ou discurso, seu histórico mostra que seu único interesse é poder somar ou coligar com candidatos que possam alavancar o resultado da eleição.

Seu último partido antes do PSC foi o PP (Partido Progressista), do qual ele confessou, em uma entrevista a uma rede de rádio, que recebeu dinheiro de propina da JBS e ainda afirmou que todos os partidos são corruptos, o que teve uma repercussão muito negativa e fez com que os opositores dele tivessem “provas” para desmascarar o discurso em que ele prega não ser corrupto.
Mesmo o partido sendo da base aliada do governo Temer e ter um discurso totalmente conservador, muitos membros têm resistência em lançar o nome de Jair Messias Bolsonaro como candidato à Presidência da República em 2018, por causa do seu discurso extremista, machista e muitas vezes considerado bem preconceituoso.

Então, o deputado resolveu romper com o presidente do PSC, pastor Everaldo Pereira, e declarar publicamente que iria procurar algum outro partido para lançar sua candidatura

Instabilidade partidária
Bolsonaro não tem tendência a ser fiel ao seu partido. Ele não participa por motivos de convicção ou discurso, seu histórico mostra que seu único interesse é poder somar ou coligar com candidatos que possam alavancar o resultado da eleição.

Seu último partido antes do PSC foi o PP (Partido Progressista), do qual ele confessou, em uma entrevista a uma rede de rádio, que recebeu dinheiro de propina da JBS e ainda afirmou que todos os partidos são corruptos, o que teve uma repercussão muito negativa e fez com que os opositores dele tivessem “provas” para desmascarar o discurso em que ele prega não ser corrupto.

Fonte: http://br.blastingnews.com/politica/2017/06/partido-de-bolsonaro-nao-vai-lanca-lo-como-candidato-a-presidente-001784803.html

Faça Parte, Acompanhe:

Participe! Deixe seu Comentário, Curta e Compartilhe

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of