Juristas explicam por que Moro errou – Veja seis motivos pelos quais a decisão é ilegal


Segundo os juristas, “a determinação não encontra respaldo no CPP e na orientação dos tribunais, tratando-se de mais uma leitura isolada do processo penal formulada pelo juiz Sergio Moro, que respeitamos e que, como qualquer juiz, pode estar errado”.
Em artigo publicado na Revista Consultor Jurídico, eles explicam seis motivos pelos quais a decisão é ilegal. O primeiro diz respeito ao número de testemunhas: por que 87?

“O número de testemunhas assusta porque o Ministério Público Federal deu essa possibilidade ao cumular diversas imputações. Logo, não foi invenção nem abuso do acusado. Está na regra do CPP: artigo 401”, explicam.

Clique logo abaixo para ler mais…

Faça Parte, Acompanhe:

Participe! Deixe seu Comentário, Curta e Compartilhe